Dor de cabeça ao acordar pode ser falta de cafeína – 13/09/2022 – Balanço

Tenho dor de cabeça muitas vezes pela manhã. Melhora quando me levanto e tomo café, mas não consigo descobrir como evitar. Tentei travesseiros e posições diferentes para dormir. O que posso fazer?

As dores de cabeça matinais podem ter várias causas. Um dos mais comuns é a cafeína – ou a falta dela.

“Às vezes, o motivo da dor de cabeça é que você acorda mais tarde e demora mais para tomar a dose matinal de cafeína”, disse Kathleen Mullin, neurologista e especialista em dor de cabeça do Instituto de Pesquisa Clínica da Nova Inglaterra. É fácil descobrir se a falta de cafeína é a causa da dor de cabeça, porque a ingestão de cafeína a cura prontamente.

As pessoas geralmente só têm dores de cabeça relacionadas à cafeína se geralmente bebem mais de 200 miligramas de cafeína por dia, disse Mullin – o equivalente a duas ou três xícaras de café.

Para reduzir esse tipo de dor de cabeça, diminua a ingestão de cafeína gradualmente, idealmente para menos de 200 mg por dia, ela recomendou. Mas saiba que durante esse processo as dores de cabeça podem aumentar por alguns dias ou até semanas antes de diminuir.

Outra causa comum de dores de cabeça matinais é a apneia do sono, muitas vezes associada ao ronco e ao acordar várias vezes à noite. Uma vez diagnosticada e tratada a apneia, geralmente com um dispositivo CPAP (pressão positiva contínua nas vias aéreas) ou um bocal especial, essas dores de cabeça geralmente desaparecem.

Ranger os dentes também pode desencadear essas dores. De acordo com Mullin, os aparelhos bucais também são eficazes para combatê-los.

O uso excessivo de medicamentos é outra causa possível. Isso significa tomar analgésicos como aspirina e acetaminofeno ou anti-inflamatórios não esteróides como ibuprofeno por quinze ou mais dias por mês, ou tomar analgésicos como opiáceos ou triptanos por dez dias ou mais.

“Os pacientes não percebem que drogas simples como Tylenol, ibuprofeno ou Excedrin são em grande parte responsáveis”, disse Mullin. A melhor maneira de prevenir essas dores de cabeça é reduzir os medicamentos, tomando-os menos de três vezes por semana.

Em casos raros, as dores de cabeça matinais resultam de lesões cerebrais, como tumores que causam pressão intracraniana, disse Mullin. (Vale lembrar que os tumores cerebrais e da medula espinhal são diagnosticados em apenas 24 de cada 100.000 pessoas por ano nos EUA.)

Deitar aumenta a pressão, então esse tipo de dor de cabeça geralmente ocorre no meio da noite ou pela manhã. E a dor costuma ser tão intensa que faz com que o paciente acorde.

“Uma dor de cabeça que faz você acordar é vista pela maioria dos neurologistas como algo para se preocupar”, disse ela. O próximo passo pode ser fazer uma ressonância magnética, para ver dentro do cérebro.

De acordo com Merle Diamond, presidente e diretor médico da Diamond Headaches Clinics, a enxaqueca também é uma causa comum de dores de cabeça matinais. Por razões desconhecidas, 40% das enxaquecas começam no início da manhã.

Muitos fatores podem desencadeá-los, incluindo consumo de álcool, desidratação, sono insuficiente, muita ou pouca cafeína e a quantidade de comida que o paciente comeu na noite anterior.

Outros gatilhos são carnes processadas, chocolate, queijo envelhecido, adoçantes artificiais, estresse, flutuações hormonais, mudanças no clima e luzes brilhantes. Mesmo uma mudança na rotina pode desencadear uma enxaqueca, disse Diamond.

“O cérebro de um sofredor de enxaqueca gosta que tudo seja muito regular.”

Enxaquecas são diferentes de outras dores de cabeça, disse Diamante. A dor geralmente é latejante ou latejante e pode ser acompanhada de náusea e sensibilidade à luz e aos sons. Muitas vezes ocorre em apenas um lado da cabeça. Se a enxaqueca não for tratada, pode durar de quatro horas a vários dias, dificultando seriamente a vida de uma pessoa.

Para prevenir enxaquecas, Diamond recomenda que os pacientes mantenham um diário no qual anotem os gatilhos e padrões que parecem desencadeá-los e, em seguida, evitem esses gatilhos.

Dependendo da frequência e intensidade de suas enxaquecas, seu médico também pode recomendar medicamentos para preveni-las ou tratá-las. Desde 2018, o FDA (a agência reguladora de alimentos e medicamentos nos Estados Unidos) aprovou alguns novos medicamentos para enxaqueca, muitos dos quais têm menos efeitos colaterais do que medicamentos mais antigos.

Por fim, disse Diamond, uma coisa que às vezes ajuda seus pacientes é desligar os dispositivos digitais pelo menos meia hora antes de dormir e fazer alongamento, medicação ou ioga antes de dormir.

Quando as pessoas têm o hábito de relaxar e limpar a mente antes de ir para a cama, disse Diamond, às vezes descobrem que também acordam com a cabeça melhor.

Tradução de Clara Allain

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*