Nutricionistas avaliam os perigos dos hábitos alimentares do rei Charles

Com a morte da rainha Elizabeth II no início de setembro, seu primogênito, Charles, ascendeu ao posto de chefe da monarquia britânica. Cheio de manias, os hábitos inusitados do soberano vão além de passar os cadarços e usar 2,5 centímetros de pasta de dente.. UMA Coluna Cláudia Meireles descobriu que a majestade também acumula estranhos hábitos alimentares e convidou dois nutricionistas para avaliar os perigos das esquisitices.

Enquanto o nutricionista Maria Olivia de Souza Araújo trabalha na Clínica Nutrientes, localizada na Asa Norte, Mariana Gomes ajuda pacientes a adotarem uma alimentação saudável por meio do aplicativo Virtual pessoal. Como o ex-assessor real Julian Payne revelou ao portal britânico The MirrorO rei Carlos III “salta” o almoço e trabalha até meia-noite.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2

0

sem almoço

“Charles nunca faz uma pausa para o almoço”, confidenciou o ex-colaborador. Segundo Mariana, repetir a atitude muitas vezes pode trazer risco de vida: “Nesta refeição, temos uma maior fonte de macro e micronutrientes, sendo uma boa fonte de energia, o que garante saciedade pelo resto do dia. O perigo é a ingestão insuficiente de calorias e, consequentemente, a deficiência nutricional”.

Maria Olívia explica que cortar uma refeição ao longo do dia é bastante individual, mas tende a se tornar um gatilho. “Faz você passar o dia petiscando aquelas comidas mais refinadas, ou até mesmo focar toda a sua fome no jantar. Pular o almoço pode levar a escolhas alimentares inadequadas e danos à saúde”, diz ele.

foto colorida.  Príncipe Charles
Charles não costuma almoçar

Não é só o almoço que se caracteriza como uma ótima refeição por reunir macro e micronutrientes. “O que seria isso? Um prato com carboidratos, proteínas, fibras e gorduras boas. Esse conjunto contribui para a homeostase celular e mecanismos importantes para estarmos ativos todos os dias”, endossa Maria Olivia. Eles também fazem parte da lista de refeições essenciais para o bom funcionamento do organismo. café da manhã e jantardefender os dois nutricionistas.

horas sem comer

Ex-secretário de imprensa de Charles, Julian Payne compartilhou que era necessário tomar um café da manhã farto por não poder almoçar no momento em que trabalhava com o então príncipe. O filho da rainha e a equipe ficaram várias horas sem comer. Segundo Mariana, a refeição da manhã pode excluir o almoço em “situações pontuais ou esporádicas”, desde que reúna alimentos completos em energia.

Nutricionista Mariana Gomes trabalha com o aplicativo Personal Virtual

O especialista de Brasília destaca que se café da manhã consiste em alimentos nutritivos e completos, sim, pode substituir o almoço. Ela dá como exemplo o “famoso Escovar”. “Se estivermos bem nutridos com alimentos antioxidantes, compostos bioativos e proteínas, podemos cumprir nossos compromissos diários. Um café da manhã rico em alimentos refinados, pobre em proteínas e rico em gordura, tem o efeito contrário”, enfatiza Maria Olivia.

Dermatologista avalia a pele do rei Charles e a causa do envelhecimento

Questionado sobre até quanto tempo uma pessoa pode ficar sem comer e não prejudicar a saúde, dizem os dois especialistas: “Esta é uma resposta muito individual”. “Cada um tem uma rotina e necessidades diferentes, mas posso dizer que distribuir de cinco a seis refeições por dia em um período de três a quatro horas, com uma alimentação balanceada, garantirá um organismo saudável”, enfatiza Mariana Gomes.

“É bastante individual, pois cada indivíduo tem um organismo adaptado de uma forma diferente. Há casos de pessoas que ficam dias e outras que não aguentam nem três horas sem comer. Para quem já está acostumado com esse processo, até 36 horas podem ser consideradas saudáveis”, reitera Maria Olivia de Souza Araújo.

Maria Olivia é nutricionista da Clínica Nutrientes, em Brasília.

jantar tarde

Charles segue “uma agenda implacável”, como Payne confessou ao The Mirror. “O jantar é às 20h30 em ponto e às 22h ele volta à mesa, geralmente até bem depois das 12h”, confidenciou o ex-assessor. Segundo nutricionistas, fazer a última refeição do dia tarde da noite, como Charles, causa algumas condições, como: indigestão, refluxo e até atrapalhar o sono de qualidade.

“O jantar é uma refeição completa, rica em energia e nutrientes, deixando para ser feito bem tarde ou próximo ao horário de descanso, pode trazer alguns malefícios à saúde”, orienta Mariana, uma das profissionais do aplicativo Personal Virtual.

Validando a recomendação da nutricionista, Maria Olivia traz para a conversa os ensinamentos da medicina ayurveda: “O horário deve ser até às 18h, mas como a realidade é outra, aconselho até às 20h ou, pelo menos, duas horas antes de deitar”, sugere o especialista.

Foto colorida.  Homem branco de terno cinza e comida em uma mão
O rei geralmente janta tarde da noite

Segundo Maria Olívia, jantar tarde pode trazer algumas desregulações para o organismo tanto na indução e manutenção do sono e respostas metabólicas à insulina e cortisol. O hábito do rei Carlos de fazer a última refeição após o horário indicado influencia na hora de dormir, Mariana explica: “Quando não temos um sono reparador, acordamos mal, cansados ​​e ansiosos, o que pode ser um gatilho para descontar comida, para consumir algo que dê prazer e conforto, como aqueles ricos em açúcar”.

Eles são eficazes?

quem não costuma dormir pelo menos seis horas por dia, você deve estar em alerta de saúde, ponderou Mariana. Durante o sono, o corpo produz diversos hormônios – como fome, saciedade, prazer e bem-estar –, além de contribuir para a recuperação muscular após o exercício. Maria Olivia, por outro lado, aperta o botão do estresse quando um indivíduo não tem descanso adequado.

“Temos o relógio biológico, chamado ciclo circadiano. Ele controla a resposta hormonal desde o momento em que acordamos até quando dormimos. Quando não temos um sono eficaz, o circuito fica desregulado e, com isso, podemos ter respostas, por exemplo, mudança de hábitos e estilo de vida pouco saudável, além de muito estresse”, reforça Maria Olivia.

Foto colorida.  Homem de terno com um copo em uma mão
O chefe da monarquia britânica segue uma rotina agitada e “salta” o almoço

Para saber mais, siga o perfil da coluna no instagram.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*